Prece de Cáritas



Deus nosso Pai,

que Sois todo poder e bondade,

dai força àqueles que passam pela provação,

dai luz àqueles que procuram a verdade,

e ponde no coração do homem a compaixão e a caridade.

Deus,

dai ao viajante a estrela Guia,

ao aflito a consolação,

ao doente o repouso.

Pai,

dai ao culpado o arrependimento,

ao espírito, a verdade,

à criança o guia,

ao órfão, o pai.

Que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste.

Piedade, Senhor, para aqueles que não Vos conhecem, e

esperança para aqueles que sofrem.

Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores,

derramarem por toda à parte a paz, a esperança e a fé.

Deus,

um raio, uma faísca do Vosso divino amor pode abrasar a Terra,

deixai-nos beber na fonte dessa bondade fecunda e infinita, e

todas as lagrimas secarão,

todas as dores acalmar-se-ão.

Um só coração, um só pensamento subirá até Vós,

como um grito de reconhecimento e de amor.

Como Moisés sobre a montanha,

nós Vos esperamos com os braços abertos.

Oh! bondade, Oh! Poder, Oh! beleza, Oh! perfeição,

queremos de alguma sorte merecer Vossa misericórdia.

Deus,

Dai-nos a força no progresso de subir até Vós,

Dai-nos a caridade pura,

Dai-nos a fé e a razão,

Dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas

O espelho onde refletirá um dia a Vossa Santíssima imagem.

A prece de Cáritas foi psicografada na noite de Natal, 25 de dezembro, do ano de 1873, ditada pela suave Cáritas.


Autor: Cáritas

Fonte: Psicografia "Mme. W. Krell"



RETORNAR AO MENU DE MENSAGENS

Fitoterapia CEEB